maio 29 2015
Injúria Endometrial

Bom Dia!

Tudo bem com vocês?

Ontem voltei na segunda consulta com a minha ginecologista, a primeira foi em Agosto, fiz todos os exames básicos, levei os resultados em outubro e como estava tudo bem, fui liberada para os treinos.

Em novembro começamos e passado 7 meses, resolvi retornar nela, já com o espermograma do marido em mãos.

O exame do marido está ótimo, melhor que isso, impossível, como ela disse: “The Best”, 😉 uma etapa vencida e como eu estou megamente ansiosa, não deveria eu sei, mas gente não consigo, sou assim, ela resolveu pedir os exames de sangue pra eu me acalmar…

Então vamos lá, exames para verificar a fertilidade:

Primeira Parte, deve ser realizada no 3º dia do ciclo (no meu caso hoje) todos são exames de sangue, detalhando:

  • FSH e LH: o hormônio folículo-estimulante (FSH) estimula a secreção de estrogênio, responsável por desenvolver na superfície do ovário um folículo que contém o óvulo. É o FSH que regula o crescimento, desenvolvimento, puberdade, reprodução e secreção de hormônios. A produção desse hormônio é estimulada por outro hormônio, o luteinizante (LH).
    São produzidos pela hipófise e juntamente realizam a liberação do óvulo durante o ciclo.
  • Estradiol: é produzido pelos ovários na fase pré ovulatória, ele basicamente estimula o crescimento dos folículos e também dá uma força para o endométrio ficar mais grosso e receptivo para o óvulo fecundado, este desenvolvimento é fundamental para que ocorra a gravidez.
  • CA 125: é o marcador tumoral, mais utilizado para descobrir uma suspeita de endometriose.

Segunda Parte: deve ser realizada no 22º ou 23º dia do ciclo:

  • Prolactina (repouso): é um hormônio proteico secretado pela hipófise anterior e placenta. Na mulher, uma hiperprolactinemia leva a uma baixa secreção de progesterona, inibindo o ciclo menstrual.
  • Progesterona: ajuda a preparar o revestimento do útero (endométrio) para receber o ovo fertilizado por um espermatozóide. Se o óvulo não for fertilizado, os níveis de progesterona caem e sangramento menstrual começa.
  • TSH, T4 Livre, Anticorpo anti-tireoglobulina, Anticorpo anti-tireoperoxidase: exames da glândula que é essencial, pois regula o nosso metabolismo através de hormônios e na gravidez, é responsável pelo crescimento e desenvolvimento do feto no útero, principalmente nos três primeiros meses.
    Se o funcionamento for deficiente ou excessivo dessa glândula, os problemas podem ser corrigidos, evitando a infertilidade e as falhas dos tratamentos de fertilização, obtendo gestações normais e bebês saudáveis.

Bom, realizei os exames da primeira etapa hoje de manhã, é necessário somente 4h em jejum, os demais faço no dia 17 de junho e assim que tiver os resultados volto aqui para contar as novidades!

Beijos e bom fim de semana!

Quase Mamãe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *